×

Aviso

The form #1 does not exist or it is not published.

Paulo Portella Filho

Suzano (SP), 1950. Artista Plástico, educador e museólogo. Formado na Escola de Comunicações e Artes da USP, SP, em 1975, mesma escola onde cursou especialização em Arte Educação em Museus de Arte. Implantou e dirigiu o Serviço Educativo da Pinacoteca do Estado de São Paulo (1975-1988) e o Serviço Educativo do Museu de Arte de São Paulo, MASP (1997-2014). Organizou projetos educativos para mostras de arte no Brasil e exterior (entre outros, Museu Nacional Reina Sofia, Madri, ES; Museum of Fine Arts, Houston, USA; Museu Vale, Vila Velha, ES). Participou de várias mostras de artes coletivas no Brasil e exterior e possui obras em acervos nacionais públicos e particulares. Foi curador assistente de mostras de arte no Brasil e exterior.

 

Júlia Rebouças

Aracaju, 1984. Vive em São Paulo. É curadora e pesquisadora de arte. Foi curadora do 36º Panorama da Arte Brasileira: Sertão, MAM-SP (2019). Ainda em 2019, foi coordenadora artística e curadora de Entrevendo: Cildo Meireles, no Sesc Pompeia, São Paulo, cuja curadoria compartilhou com com Diego Matos. Integrou a comissão de seleção e acompanhamento curatorial da 8ª edição da Bolsa Pampulha, Belo Horizonte (2019). Em 2018, realizou como curadora as exposições Entrementes, de Valeska Soares, na Estação Pinacoteca, São Paulo; e Mitomotim, mostra coletiva no Galpão Videobrasil, São Paulo, entre outras. Foi co-curadora da 32ª Bienal de São Paulo: Incerteza Viva (2016). De 2007 a 2015, trabalhou na curadoria do Instituto Inhotim, Minas Gerais. Colaborou com a Associação Cultural Videobrasil, integrando a comissão curatorial dos 18º e 19º Festivais Internacionais de Arte Contemporânea SESC_Videobrasil, em São Paulo. Foi curadora adjunta da 9ª Bienal do Mercosul, Porto Alegre (2013). Tem graduação em Comunicação Social pela UFPE (2006). É Mestre e Doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da UFMG (2017).

 

Diego Moreira Matos

(Fortaleza, Brasil, 1979) é pesquisador, curador e professor; mestre (2009) e doutor (2014) pela FAU-USP. Em parceria com Julia Rebouças, foi curador da individual de Cildo Meireles (Entrevendo, Sesc Pompeia, 25/09/ 2019 – 02/02/2020). Organizou com Guilherme Wisnik o livro Cildo: estudos, espaços, tempo (Ubu Editora, 2017). Com Priscila Arantes, foi curador da exposição Estado(s) de Emergência (Paço das Artes na Oficina Cultural Oswald de Andrade, 2018). Foi um dos curadores do 20o Festival de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil (Sesc Pompéia, 2017). Atuou também coordenador de Acervo e Pesquisa da Associação Cultural Videobrasil, colaborando também como curador institucional (2014-2016). No momento, é editor convidado da revista Cahiers D’Art (Paris, França), para qual desenvolve um número dedicado ao artista brasileiro Cildo Meireles..

 

contact

Contato

.
Email
contato@salaodeabril.com.br