×

Aviso

The form #1 does not exist or it is not published.

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor), realizou, neste sábado (27/04), a abertura do 70º Salão de Abril, ocorrida no Minimuseu Firmeza, local onde residiu o casal de artistas Estrigas e Nice, homenagedos desta edição. No evento, esteve presente o secretário Municipal da Cultura, Gilvan Paiva, os curadores da mostra de 2019, Jacqueline Medeiros, Solon Ribeiro e Herbert Rolim, além de artistas contemplados e convidados.

Neste ano, das mais de 600 obras inscritas, 30 foram premiadas e serão expostas em cinco diferentes espaços da Cidade ao longo de dois meses, com objetivo de descentralizar o acesso à arte e permitir que a sociedade permeie importantes e históricos ambientes de cultura. Entre eles, estão o Minimuseu Firmeza, a Sem Título Arte, o Centro Cultural Casa do Barão de Camocim, o Espaço Cegás de Cultura e o Centro Cultural Banco do Nordeste de Fortaleza (CCBNB – Fortaleza). O Salão de Abril ainda percorrerá ateliês e galerias, que abrem suas portas para compartilhar processos criativos junto a artistas e visitantes. A programação conta ainda com palestras e debates abertos ao público durante os dois meses de mostra.

Gilvan Paiva ressaltou, durante o evento de abertura, que “o ponto alto deste ano é o reconhecimento público a Estrigas que estaria completando seu centenário e à importância da mostra sobre o fazer artístico em toda Fortaleza, de forma democrática e descentralizada, trazendo os mais diversos tipos de expressão e temas , a partir de uma árdua seleção feita por curadores que compreendem muito bem a história do Salão de Abril”.

Confira a relação dos artistas contemplados


Homenagem

O Salão de Abril, um dos mais disputados e reconhecidos do País, comemora 70 edições em 2019, em 76 anos de existência, fazendo uma homenagem aos artistas Estrigas e Nice Firmeza. Neste ano, Estrigas comemoraria 100 anos de idade.

Com a missão de prestar uma homenagem ao casal Firmeza, traz como tema “À Sombra do Baobá”, por analogia desta frondosa árvore, plantada no coração do Minimuseu Firmeza, com o que melhor representa o legado (ramificações) deixado por estes artistas modernistas para a cidade de Fortaleza.

Programação completa do Salão de Abril 2019

contact

Contato

.
Email
contato@salaodeabril.com.br